fbpx

Hoje, dia 17 de maio, foi instituído pela UNESCO como o Dia Mundial da Reciclagem com o objetivo de estimular a reflexão sobre os nossos hábitos de consumo e sobre a maneira como tratamos e descartamos o resíduo gerado em nossas casas, em nossos ambientes de trabalho, nas indústrias.

Em resumo, a reciclagem é reconhecida mundialmente como o mecanismo pelo qual determinado material é processado para ser reutilizado posteriormente.

A Reciclagem faz parte dos elementos determinados na lei brasileira 12.305/2010 – Lei Nacional de Resíduos Sólidos.

A lei prioriza que quando não houver a possibilidade de não gerar esse resíduo, não conseguir reduzir a geração do resíduo ou reutilizar o resíduo gerado, a reciclagem é a alternativa que permite que boa parte dos resíduos gerados voltem à cadeia de valor, minimizando os impactos do descarte.

O ano de 2020 iniciou-se com uma pandemia que impactou indistintamente os mais diferentes setores da economia, incluindo uma mudança de paradigma na gestão e geração de resíduos.

O Panorama dos Resíduos Sólidos Urbanos do Brasil (ABRELPE) mostrou que no ano de 2020 foram gerados cerca de 82,5 milhões de tonelada de resíduos, um aumento em comparação à 2019 que registrou 79 milhões de tonelada.

A razão para esse aumento expressivo deve-se às novas dinâmicas sociais que, foram quase que totalmente transferidas para as residências, visto que o consumo em restaurantes foi substituído pelo delivery e os demais descartes diários de resíduos passaram a acontecer nas residências.

O Brasil, segundo dados do Banco Mundial, é o 4º maior produtor de resíduo plástico no mundo, com 11,3 milhões de toneladas.

Desse total, são coletadas cerca 91%, mas apenas 1,28% são efetivamente recicladas, valor bem abaixo da média global (9%).

Os aterros sanitários continuam sendo o destino da maior parte dos resíduos (cerca de 60%), ocasionando graves prejuízos ao meio ambiente e à qualidade de vida da população, e 40% ainda são descartados em locais inadequados como lixões.

Veja como podemos ajudar a sua empresa a certificar na ISO 14001

Falar com especialista em ISO 14001

Atualmente com grande parte dos colaboradores de volta ao local de trabalho, a responsabilidade com a gestão dos resíduos volta a aumentar para as empresas, além de novas legislações voltadas a logística reversa e outras obrigações legais para complementar com a gestão de resíduos sólidos urbanos.

Afinal, apesar da separação entre resíduos sólidos urbanos e resíduos industriais, o ciclo de vida dos resíduos envolve diferentes agentes como consumidores, fabricantes, distribuidores, entre outros, sendo de suma importância a adoção de medidas mitigadoras nas organizações e a adoção de medidas em diferentes esferas.

Para lidar melhor com o seu resíduo, entre em contato com a Qualtec.

Nós trabalhamos com a norma 14001, coleta seletiva, gerenciamento de resíduos, entre outros projetos.

Veja como podemos ajudar a sua empresa certificar na ISO 14001

Falar com especialista em ISO 14001