fbpx

Conheça as principais exigências da norma ISO 37001 e comece a preparar sua implementação!

Atualmente, as empresas têm exigido cada vez mais transparência e assertividade de seus parceiros de negócios.

Em um cenário onde as fraudes e subornos são cada vez mais frequentes no mundo corporativo e os desvios geram bilhões de reais anualmente em prejuízo para empresas privadas e cofres públicos, a certificação na ABNT NBR ISO 37001 implementa  um sistema que permite prevenir, controlar, mitigar e tratar  a aceitação ou solicitação de uma vantagem indevida de qualquer valor, direta ou indiretamente, financeiro ou não financeiro (podendo ser em forma de hospitalidades,  doações, brindes e presentes, etc) nos vários processos da organização, principalmente no relacionamento com agente público.

Toda e qualquer organização deve ter como valor a ética e transparência nas suas relações com o mercado.
Quaisquer violações às leis aplicáveis devem ser devidamente tratadas e punidas como  requisito indispensável de honestidade, ética  e transparência.

Sobre a ABNT NBR ISO 37001, versão brasileira da norma ISO 37001

    A  ABNT NBR ISO 37001  é a única Norma certificável no mercado com alto grau de credibilidade. Seu foco é criar mecanismos e estabelecer um Sistema de Gestão Antissuborno.
Seu intuito é mitigar os custos, riscos e danos decorrentes do suborno. A ABNT NBR ISO 37001 também traz reconhecimento por organizações e autoridades nacionais e internacionais.

Principais exigências da norma ABNT NBR ISO 37001

Em resumo, a ABNT NBR ISO 37001 exige que a empresa:

  • compreenda favores internos e externos que influenciam o sistema de gestão antissuborno, além das necessidades e expectativas dos clientes, acionistas, órgãos reguladores e de controle, fornecedores, da sociedade, entre outros;
  • realize uma avaliação, com revisões regulares, a respeito dos riscos relativos ao suborno;
  • obtenha o efetivo comprometimento da alta direção da organização;
  • estruture ações para mitigar os riscos de suborno e atingir os objetivos antissuborno, incluindo os meios de como alcançá-los;
  • determine e forneça os recursos necessários para o estabelecimento, a implementação, a manutenção e a melhoria contínua do sistema de gestão antissuborno, inclusive com recursos humanos treinados e conscientes do seu papel no sistema de gestão antissuborno;
  • estabeleça medidas de controle financeiras e não financeiras para monitorar os riscos de suborno identificados;
  • planeje e implemente uma gestão de informações e controles para assegurar a eficácia do sistema de gestão antissuborno;
  • realize auditorias e monitoramentos internos constantes;
  • estabeleça procedimentos para prevenir a oferta, fornecimento ou a aceitação de presentes, hospitalidades, doações e benefícios similares, que se caracterizem ou possam ser caracterizados como suborno;
  • execute diligência em contratações de profissionais com risco acima de baixo de suborno, tanto em fornecedores e contratos quanto de novos profissionais para o quadro de funcionários da organização;
  • identifique as não conformidades e implemente as ações corretivas adequadas;
  • busquem, continuamente, melhorar a pertinência, adequação e eficácia do sistema de gestão antissuborno.

Todos esses requisitos ajudam a atestar que a empresa repudia e tem ações para inibir qualquer tipo suborno em seu núcleo.

Em um curto espaço de tempo, a  sua implantação irá deixar de ser um diferencial e uma vantagem competitiva para a organização, tornando-se  uma questão mercadológica mandatória.

A Qualtec já está certificando empresas na ABNT NBR ISO 37001 e registrou um aumento significativo no primeiro semestre de 2018 em relação ao segundo semestre de 2017.

Se você também quer certificar a sua empresa e sair na frente, entre em contato com um de nossos consultores.

Por Cláudio Grillo
Auditor Líder ISO37001
Responsável pelo auxílio à mais de 20 certificações na norma ABNT NBR ISO 37001
Diretor da Qualtec Consultoria

Leave a Reply