fbpx

Comemorado em 22 de Março, o Dia Mundial da Água tem muito a ensinar a todos os gestores – e muito em comum com os sistemas de gestão

 

mbora pareça apenas uma data que irá passar despercebida no meio de tantas comemorações, o Dia Mundial da Água tem lições importantes a ensinar a todos nós, em especial aos responsáveis por coordenar um time e organizar uma série de documentos.
Assim como acontece nos sistemas de gestão, onde o mapeamento dos processos indica como cada um dos colaboradores e alta direção poderão desempenhar melhor seu papel em busca da melhoria contínua e eficácia do funcionamento da organização, a instituição do Dia mundial da água quer atentar para diversos pontos de melhoria, conscientização e mudança de atitude.

O Dia Mundial da Água
Instituído pela ONU em 1992, a data passou a ser comemorada em 22 de março de 1993. A cada ano, a ONU propõe temas a serem discutidos sobre a água, recurso natural necessário à todos os seres vivos.
Apesar de parecer algo trivial, o Dia Mundial da Água vem alertar sobre o uso consciente e soluções sustentáveis para a utilização e manejo da água, além da nossa relação com a água em si. Questões de preservação, melhor distribuição e aproveitamento, o enorme impacto da água na economia, formas de reutilização e acesso global são tratadas pelos órgãos mundiais, federais e municipais responsáveis, sendo a data não apenas uma forma de chamar a atenção para o problema, como também de propor soluções e expor as ações tomadas ao redor do mundo.

A água no mundo e no Brasil
Você já deve ter ouvido falar que a maior parte do globo é coberta de água, e que apenas uma parte mísera é apropriada para consumo. De alguns anos para cá, a situação tem ficado ainda mais alarmante: a mudança climática afetou drasticamente esses valores, e a previsão não é lá muito animadora.

Distribuição da água no mundo
Estamos tão habituados com a abundância de água no Brasil que não nos damos conta dos enormes desperdícios que cometemos. Segundo dados do IBGE, somos mais de 209 milhões de brasileiros, e, só no ano de 2015, foram consumidos por dia 108,4 litros de água por pessoa.
Vamos fazer uma conta básica: se, por dia, cada brasileiro consome 108,4 litros de água e somos mais de 209 milhões de brasileiros, são mais de 22.655.600.000 (22 bilhões, 655 milhões e 600) litros de água sendo consumidos todos os dias! Isso, levando em consideração o gasto estimado pelo IBGE em 2015!

Um pouco sobre Sistemas de Gestão
Uma das melhores formas de dispor de maneira eficaz os recursos, pessoal, documentação e procedimentos dentro de uma empresa é através dos sistemas de gestão. Estes propõe soluções para as áreas da organização em prol de melhoria contínua, otimização de tempo, padronização e fácil acesso aos documentos e o mapeamento dos processos das organizações.
Um sistema de gestão, independente de a qual área se destine (qualidade, meio ambiente, saúde e segurança ocupacional, antissuborno, etc), envolve todos os processos dentro da empresa, já que todos precisam saber seu papel e como ele afeta esse sistema, buscando soluções para o melhor envolvimento e desempenho de todos.
Além disso, um dos pontos principais do sistema de gestão é que a organização esteja com a parte legal em dia: atender à legislação vigente é parte essencial de todo e qualquer sistema de gestão.

Água e sistema de gestão: nem um pouco “água e óleo”
Mas afinal, o que o Dia Mundial da água tem a ver com meu sistema de gestão? Apesar de parecer que os temas são bem distintos, a data tem grandes lições a ensinar a gestores, diretores e colaboradores de modo geral.
Vale destacar:

  • Direcionamento de recursos: uma empresa que não possui um sistema de gestão pode encontrar sérias dificuldades ao se comunicar com seus colaboradores, lidar com os recursos disponíveis e trabalhar de forma planejada, orgânica e sustentável. Da mesma forma, a data vem para atentar em como lidar melhor com um recurso que já se encontra em escassez. O mapeamento de processos, por exemplo, é uma ferramenta essencial utilizada em empresas para gestão eficiente da matéria prima e outros recursos utilizados. Ela permite que seu sistema de gestão funcione de maneira fluída e funcional, sendo capaz de enfrentar grandes crises e dificuldades – assim como a água que contorna seus obstáculos e continua seu caminho! SUGESTÃO
  • Economia financeira e de recursos: se a água é um recurso tão precioso, é mais do que essencial fazer bom uso. Trabalhando a cultura e o direcionamento de recursos, conseguimos diminuir o consumo desnecessário, diminuindo também o custo a ser gasto no final do mês. Da mesma forma acontece com as organizações, onde o planejamento e postura dos colaboradores pode evitar um montante de despesas desnecessárias para a empresa.
  • Sustentabilidade é a palavra da vez: O que fazer para aproveitar ao máximo a água do mundo? A sustentabilidade é a resposta certa! Diversas alternativas como uso consciente e reaproveitamento da água da chuva fazem parte da tão falada sustentabilidade. Se no dia a dia de cada um é possível transformar pequenos gestos em grandes mudanças, imagine no dia a dia de uma empresa, onde diversas pessoas convivem todos os dias?
  • O exemplo vem de cima: o Dia Mundial da Água foi instituído pela ONU, referência em causas socioambientais. Ele é comemorado ao redor do mundo, com diversas campanhas, concursos e até mesmo envolvimento dos órgãos públicos. Assim também acontece nas empresas: não adianta cobrar de seus colaboradores algo que eles não vêm em seu cotidiano; os funcionários são reflexo do que vêm acontecendo dentro da organização, principalmente de seus líderes. Sem o envolvimento da Alta Direção e do Conselho Diretivo, dos líderes, gestores, gerentes e diretores, não é possível estabelecer uma cultura que realmente envolva a todos e saia da teoria para a prática.
  • Atender requisitos é essencial: se todos precisam de água, é requisito mandatório fazer bom uso de tal recurso, trabalhar em prol da economia, atender a legislação vigente e buscar soluções para atender a demanda mundial. Exatamente o mesmo acontece no sistema de gestão: é preciso atender aos requisitos legais, requisitos da norma, requisitos de clientes e os próprios requisitos necessários para atingir os objetivos da organização e para que o sistema funcione cada vez melhor e seja “autossustentável” a fim de evitar desequilíbrios que ameacem seus processos futuramente (como a escassez de recursos).
  • Instituição de cultura: o dia da água atenta para uma mudança de atitude frente aos recursos hídricos. Precisamos mudar a forma como encaramos o uso da água, ou seja, é preciso criar uma cultura forte, capaz de fazer com que as pessoas ajam em prol de um propósito comum.
  • Conscientizar é preciso: para criar a cultura e envolver todos em uma mesma causa, é preciso que os envolvidos vivam essa cultura. Ou seja, da teoria a prática, todos os novos colaboradores devem passar por um treinamento, além de periódicos treinamentos e eventos que engajem a todos em prol da cultura. Colocar todos alinhados na missão, visão e valores da organização é essencial.

É justamente por esse motivo que, todo ano, a ONU promove, no Dia Mundial da Água, um tema a ser discutido e trabalhado em todo o mundo, sendo alguns deles:

  • A natureza pela água (2018),
  • Água Residual (2017),
  • Água e Empregos: Investir em Água é Investir em Empregos (2016),
  • Água e Desenvolvimento Sustentável (2015),
  • Água e Energia (2014),
  • Ano Internacional de Cooperação pela Água (2013),
  • Água e Segurança Alimentar (2012),
  • Água para as Cidades: Respondendo ao Desafio Urbano (2011),
  • Água Limpa para um Mundo Saudável (2010),
  • Águas Transfronteiriças e Saneamento (2009),
  • Lidando com a Escassez da Água (2007).

Para 2019, foi lançado um concurso com o tema “Direitos humanos e acesso à água e saneamento”, onde os participantes deverão explorar como o acesso à água e saneamento devem ser universais, não apenas nos domicílios como também em espaços públicos e de trabalho, instituições de ensino, locais de residência (como prisões e locais precários que abrigam moradores de ruas, por exemplo).

E o que eu tenho a ver com isso?
Todos podem e devem ajudar, não apenas no dia 22 de março como em todo o ano.
Pequenas atitudes como deixar a torneira fechada (ao escovar os dentes, pentear e lavar o cabelo, lavar louças), utilizar baldes no lugar da mangueira para lavar o carro, regar as plantas com regador e limpar a calçada apenas com a vassoura – ou utilizando o mínimo de água possível – fazem uma grande diferença no consumo gerado no final do mês. Pode parecer insignificante, mas nós só podemos cobrar atitudes de outros quando fazemos nossa parte.
As organizações precisam trabalhar a sustentabilidade entre os colaboradores, através de um Sistema de Gestão Ambiental, destinação e tratamento correto dos resíduos, instituir a logística reversa e estimular uma cultura de preservação ambiental.
E uma dica importante para todos: bebam água. Com a alteração da temperatura global e a baixa umidade no ar, se hidratar é mais do que essencial, e a água é a fonte mais rica de hidratação e manutenção para nosso corpo.

Informe-se! Fontes de conteúdo sobre água e meio ambiente
Acompanhe o site da ANA, Agência Nacional das Águas. Lá, é possível acompanhar as ações do governo, como está a situação das bacias hidrográficas no Brasil e ter acesso a diversas informações sobre a água no país.
Para quem é do estado de São Paulo, o DAEE, Departamento de Água e Energia Elétrica também traz uma série de informações relevantes para acompanhamento.
Em nosso blog você irá encontrar diversos artigos sobre meio ambientesustentabilidade e sistemas de gestão. É possível selecionar a área de interesse e também se inscrever em nossa newsletter, no rodapé da página.

Leave a Reply