fbpx

Saiba como a tomada de determinadas atitudes podem melhorar os resultados da sua empresa, tornando-a mais sustentável

Seguindo a linha dos artigos das semanas anteriores, onde discutimos as empresas que melhor representam a gestão sustentável nos negócios no Brasil e no mundo, trazemos para você reflexões e dicas de como começar a inserir essa conduta na sua organização.
Sua organização pode ser entendida como um organismo vivo, capaz de crescer, se desenvolver e evoluir com o objetivo máximo de explorar as suas potencialidades.
Em um mundo globalizado e cada vez mais preocupado com as questões ambientais, podemos observar uma tendência de mercado na qual os modelos de negócios Iinvistam cada vez mais recursos para proteger o meio ambiente.

Esta tendência pode ser um grande desafio para qualquer empresa ou organização, em especial para as de pequeno e médio porte.

No entanto, existe uma grande possibilidade de garantir maior retorno financeiro e melhor aceitação do mercado para empresas que oferecerem soluções sustentáveis em seus produtos e serviços ofertados.

Se você leitor, já possui seu próprio negócio e pretende alavancar em seu mercado, saiba que ações ambientais podem sim trazer resultados positivos no fechamento das contas no final do mês.
Mas para obter sucesso é necessário fazer algumas mudanças, principalmente no momento de planejar as futuras ações, pois um bom planejamento pode ser a chave para que você veja as mudanças positivas em seu negócio.

Basta ter em mente os seguintes pontos:

  1. Foco em ações sustentáveis
    Sua empresa deve ser um reflexo do equilíbrio entre os três pilares da sustentabilidade: econômico, social e ambiental.
  2. Direcionamento de recursos
    O seu negócio deve direcionar recursos para o desenvolvimento de produtos e serviços ecologicamente sustentáveis.
    Empresas que fabricam embalagens,por exemplo, tem uma ótima chance de aliar inovação com práticas sustentáveis através da adoção do uso de materiais recicláveis ou biodegradáveis.
  3. Atenção aos indicadores
    Você deve estar atento aos indicadores financeiros, sociais e ambientais do seu negócio, afinal estas são as ferramentas que vão te mostrar se as atitudes tomadas estão dando certo e estão trazendo resultados positivos.
  4. Estabeleça metas sustentáveis que sejam mensuráveis e plausíveis a sua realidade
    Comece diminuindo custos com insumos e matérias-primas.
    Volte sua atenção para o gerenciamento consciente do seu estoque, essa ação pode ajudar a minimizar o acúmulo de bens ou até a perda por validade expirada, evitando gastos com insumos e matéria-prima não utilizadas e com a destinação desses itens fora de validade, por exemplo.
    A diminuição no consumo de água, papel e energia utilizados no processo de produção também são ações à curto prazo que irão gerar retorno financeiro.
    Lembre-se: a logística reversa virou obrigatória para praticamente todos os setores e tipos de atividades no Brasil; torne essa obrigação uma oportunidade e insira de volta no ciclo produtivo algo que até recentemente seria mal interpretado como lixo.
  1. Esteja em dia com as obrigações legais
    É muito importante que sua empresa atenda aos requisitos legais federais, estaduais e municipais.
    Ações planejadas tendem a ser menos custosas que ações reativas.
    Pagar multas ou sofrer autuações por não atender uma exigência legal de cunho social, econômico, técnico, trabalhista ou ambiental é muito mais danoso economicamente para sua organização do que ter tomado as devidas ações para atender a legislação vigente.
    Além disso, multas e autuações também criam um impacto negativo no público, “manchando” a imagem da empresa.
  1. Fique atento ás novas exigências e tendências do mercado
    É crescente o apreço do mercado por aqueles que prezam por ofertar produtos e serviços com alto padrão de qualidade, que tenham um bom preço e que gerem baixo impacto ambiental e social.
  2. De tempos em tempos, faça uma avaliação do seu portfólio de produtos e serviços
    Esta é uma chance de avaliar quais produtos e serviços são obsoletos e quais não são mais rentáveis para o seu negócio.
    Assim, você pode alinhar o seus produtos e serviços com as novas necessidades, expectativas e tendências do mercado.
  3. Não tenha medo de mudar e se tornar mais sustentável
    Estar disposto a realizar mudanças é um grande diferencial para as empresas da atualidade.
    Pense em como sua organização pode aumentar as margens de lucro e diminuir a de gastos ao tornar seus produtos e serviços mais sustentável.
    Sua organização tem o poder de transformar o cenário atual naquele que você deseja para você e para as futuras gerações através de atitudes simples e da mudança de cultura e envolvimento de todos os colaboradores.

 

9 – Assuma compromissos sociais e ofereça chances de igualdade de oportunidades.
É importante lembrar, como dito no tópico 1, que sustentabilidade também refere-se ao social.
Portanto, contrate mais mulheres, negros, deficientes e outros grupos que possuam histórico de segregação na sociedade, além de investir continuamente na promoção e capacitação de todo o pessoal, incluindo todos os grupos e distribuindo oportunidades igualitárias.
As oportunidades devem ser realmente efetivas e promoverem inclusão, e não apenas de forma a alavancar a imagem da empresa.

 

Investimento em sustentabilidade: benefícios para todos
A tomada de decisão com base nos preceitos da sustentabilidade não pode ser vista apenas como um custo para sua empresa, mas sim como uma oportunidade de investimento e melhoria.
Empresas preocupadas em cuidar dos pilares da sustentabilidade automaticamente passam a ter maior visibilidade e aceitação do mercado: o “pensar sustentável” é um grande diferencial competitivo.
A adoção dessas práticas leva sua organização a reduzir os custos de produção, a demonstrar a preocupação com exigência dos clientes e com a sociedade, o que gera uma boa visibilidade no mercado e acaba ganhando a preferência dos consumidores.

Sustentável do início ao fim
É preciso ter em mente que a sustentabilidade em si não está ligada apenas ao produto final, mas com toda a cadeia produtiva, desde a aquisição da matéria prima aos processos de transformação dos produtos, o transporte aos clientes finais, à gestão da cadeia de suprimentos, à governança e até mesmo à segurança e proteção dos colaboradores da sua empresa.

Uma nova postura de mercado exige um novo posicionamento por parte das empresas
Essa mudança de cultura do mercado é recente.
Até então, era comum as pessoas ignorarem essas questões de sustentabilidade envolvendo proteção do meio ambiente e seus impactos na sociedade.
Hoje, a sustentabilidade é um tema de grande relevância.
Então, caro leitor, atente-se para o desenvolvimento sustentável do seu negócio: desta forma, você vai atender as expectativas dos seus clientes e se destacar no mercado, saindo na frente de seus concorrentes.

Sua empresa já trabalha de forma sustentável?
Quais ações você e sua organização tomam para fornecer produtos e serviços mais sustentáveis?
Já há alguma medida sustentável sendo adotada pela organização?
Compartilhe sua experiência conosco através de nossas redes sociais (os ícones se encontram no topo e no rodapé da página) ou entre em contato para solicitar o auxílio de nossos especialistas.

Por Thiago de Araujo Dourado
Biólogo Mestre em Geociências e Meio Ambiente
Consultor ambiental da Qualtec

Leave a Reply